I Fucking Love Science: uma página Facebook que vale mesmo a pena seguir!

I Fucking Love Science

I Fucking Love Science

Já conhecem a página de Facebook I fucking love science? Se não conhecem cliquem no link e façam like (ou gosto, ou curto…, o que preferirem). Não se vão arrepender!

Vivemos num mundo de alta tecnologia, em que conseguimos comunicar em tempo real com pessoas do outro lado do planeta, em que levamos pessoas à lua, em que transportamos pessoas em aviões! Já viram a diferença da tecnologia existente hoje em dia quando comparada com aquela que tínhamos há 200 anos atrás? Ou há 100… Ou mesmo há 50!

Mas mesmo assim, apesar de toda a nossa evolução tecnológica, apesar de todos os avanços, apesar de se dizer que somos uma sociedade científica, que vive da, com, e para a ciência, é impressionante perceber como no mundo, mesmo no desenvolvido, grassa a ignorância, e, pior do que isso, o fundamentalismo ideológico que tenta rebater todas as evidências científicas, todos os factos concretos, e toda a forma de pensar que nos levou a conhecer o mundo de uma forma inimaginável há bem pouco tempo, e como, mesmo na nossa sociedade civilizada, a pessoa por trás desta página, com formação em biologia, é criticada por ser uma mulher a falar de ciência…

É claro que não podemos saber tudo: o conhecimento é tão vasto e amplo que isso seria humanamente impossível, mas não podemos é não querer saber e mantermo-nos na ignorância.

Por isso é que páginas como a IFLS devem ser acompanhadas. Por um lado mostram-nos a triste realidade (basta ver os comentários) de como a ciência é mal conhecida no mundo “desenvolvido”, apesar dos produtos por ela desenvolvidos estarem tão disseminados, por outro mostram-nos o admirável mundo em que vivemos de uma forma por vezes divertida, por vezes séria, mas sempre educativa.

Vão à página de Facebook I fucking love science e aproveitem para ler uma entrevista a Elise Andrew aqui.

Google

Advertisements